Posts Tagged ‘work in progress’

VÍDEO///WORK IN PROGRESS

August 17, 2009

Com um pouquinho de atraso, mas taí o vídeo da exposição Work in Progress editado com imagens do making of e da abertura. Dá pra ver um pouco do trabalho de todo mundo que participou.
De novo, valeu muito a todo mundo que apareceu por lá.

ABERTURA///WORK IN PROGRESS

July 27, 2009

Sem palavras pra falar da abertura da Work in Progress no sábado, queria agradecer muito a todas as pessoas que passaram por lá!

Ajudar a montar essa expo foi uma das oportunidades mais legais que já tive. Obrigada aos meninos do Cartel 011 que acreditaram que a gente ia dar conta de fazer tudo isso rolar.

O blog começou para podermos divulgar o trabalho de pessoas que eu realmente gosto, e essa foi a chance de fazer isso de uma maneira maior do que imaginava. Sou suspeita para falar, mas o espaço está lindo e vale a pena colar lá.

Do dia 27 a 31 de julho vai rolar uma programação especial com os artistas colocando um som, esquema tranquilo para não estressar os vizinhos, mas legal para todo mundo colar depois do trampo, e quem estiver a toa já tem uma desculpa para sair de casa.

A expo fica até dia 08 de agosto.

(fotos: thais denardi)

WORK IN PROGRESS

Quando: de 27 de julho a 08 de agosto de 2009 – das 18h as 22h

Onde: Cartel011

Rua Artur de Azevedo, 517, Pinheiros – São Paulo

MAKING OF///WORK IN PROGRESS

July 24, 2009

+ fotos aqui.

WORK IN PROGRESS

Abertura: 25 de julho de 2009 (sábado) – das 17h as 22h

Quando: de 27 de julho a 08 de agosto de 2009 – das 18h as 22h

Onde: Cartel011

Rua Artur de Azevedo, 517, Pinheiros – São Paulo

BRUNO B. DICOLLA///WORK IN PROGRESS

July 24, 2009

bruno b. dicollaBRUNO B. DICOLLA http://www.brn.cc

Bruno gosta de experimentar várias técnicas e não se limita a nenhuma em especial. “Trabalho com lápis de cor, canetinha, tinta, o que for”, diz. Para a Work in Progress, por exemplo, optou por uma mescla de vídeo e papel. Apresentará três projeções (um curta e dois vídeos em looping) e quadros feitos no computador e coloridos com tinta e lápis.

Destaque seu trabalho mais relevante ou exposição que já participou:
Participei da Mostra de Vídeo da Galeria Polinésia, do DOTMOV Festival (Shift), Exposição coletiva 1 metro (Coletivo Projétil) e da Adventures in Motion (One Dot Zero).

Seu tema recorrente e/ou inspiração:
Gosto de criar um organismo entre o digital e o papel.

Músicas/bandas que te acompanharão nesses dias que antecedem a exposição:
Blank Dogs

bruno b. dicolla

bruno b. dicolla

bruno b. dicolla

TIAGO DENARDI///WORK IN PROGRESS

July 24, 2009

tiago denardiTIAGO DENARDIhttp://flickr.com/photos/freime

Os trabalhos de Tiago misturam elementos gráficos com realistas. “Gosto deste equilíbrio de coisas diferentes”, conta. Para produzi-los, o artista usa tinta acrílica, guache, aquarela, lápis e canetinha. Na Work in Progress, seu projeto conta com telas pintadas com acrílica, desenhos de lápis em papel e uma incrível textura de madeira feita com tinta na parede do Cartel011.

Seu tema recorrente e/ou inspiração:
Física, geometria, realismo, surrealismo, razão.

Músicas/bandas que te acompanharão nesses dias que antecedem a exposição:
Versões das músicas da banda Mars Volta em piano.

tiago denarditiago denarditiago denarditiago denardi

DIMITRE///WORK IN PROGRESS

July 24, 2009

dimitreDIMITREhttp://www.dmtr.org

Dimitre cria a partir do contraste do “digital” que é a programação de computador e do “humano”.  Desenvolveu para a exposição um projeto de arte numérica interativa, a partir de programação. Além dessa parte tecnológica, ele também gosta fazer trabalhos com nanquim e pena.

Destaque seu trabalho mais relevante ou exposição que já participou:
FILE, Sonár, Emoção ArtFicial (São Paulo), Stuttgart Filmwinter, MediaRuimte (Bruxelas, Bélgica), Perspectives (Sofia, Bulgaria), Interactive Media Circle (Abu Dhabi, UAE), New Langton Arts (São Francisco).

Seu tema recorrente e/ou inspiração:
Observação das coisas. Sintonia.

Músicas/bandas que te acompanharão nesses dias que antecedem a exposição:
Blevin Blectum, Fennesz, Hypo, Lusine e Chango Rodriguez.

dimitre

BRUNO SHINTATE///WORK IN PROGRESS

July 23, 2009

bruno shintateBRUNO SHINTATE – http://www.flickr.com/photos/laydown

Bruno é um artista envolvido em fotografia, vídeo, som e ilustração. Gosta de atuar em diversas áreas. Seu projeto para exposição será feito a partir de uma técnica mista de infláveis e leds.
Destaque seu trabalho mais relevante ou exposição que já participou:
Participei das expos Individual Bruno Sintaxe (abril 2009), Feira Marginal (maio 2009), Coletiva MoMA (junho 2009). Todas foram realizadas no espaço Casa Da Xiclet.

Seu tema recorrente e/ou inspiração:
A natureza e os astros.
Músicas/bandas que te acompanharão nesses dias que antecedem a exposição:
Arthur Russell, Musical Youth, Morphine, Tortoise, Beirut, For Tet, Epicac Tropical Banda, Blondie e The Specials.

IAMANA///WORK IN PROGRESS

July 23, 2009

iamanaIAMANAhttp://www.iamana.org

Ana Helena Tokutake é aquariana, canhota e a idealizadora deste blog. Trabalha como ilustradora e vira-e-mexe aparece em bazares com camisetas da sua marca Zaïre.  Gosta de se dedicar a fazer pôsteres para festas de amigos e ultimamente está trabalhando com tinta acrílica e lápis 6B. “Mas gosto de lápis de cor também”, diz. Para a Work in Progress, a artista tem um projeto batizado de “Warm”, com quadros de roupas de inverno – “tudo bem quentinho” – e ainda uma blusa de tricô.

Músicas/bandas que te acompanharão nesses dias que antecedem a exposição:
Saint Vincent e Chad Vangaalen

iamanaiamanaiamana

LUÍSA AZEVEDO///WORK IN PROGRESS

July 23, 2009

LUÍSA AZEVEDOhttp://fleugma.com

Artista gráfica, faz diversos trabalhos para arte, moda e publicidade. Montou a Coletivo Projétil ao lado de Fernanda Brenner e Marines Mencio. Juntas, organizaram, em maio último, a exposição 1 metro em que participaram 25 artistas. Em seus trabalhos, utiliza técnicas como o uso do nanquim, chá, spray, grafite e tecido.  

Músicas/bandas que te acompanharão nesses dias que antecedem a exposição:
Honky Tonky (Arnaldo Baptista), Heart´s Delight (Buddy Miles), La Duchess Anne (Grizzly Bear), Rebellion (Lies) (Arcade Fire), I believe in you (Yacht) e Flores Horizontais (Elza Soares)

luísa azevedoluísa azevedoluísa azevedoluísa azevedo

MY.S///WORK IN PROGRESS

July 22, 2009

MY.Shttp://www.my-sss.com

Participam da Work in Progress as três sócias do estúdio MY.S. Elas são Maíra Fukimoto, Stephanie Marihan e Yara Fukimoto. Juntas há dois anos, as artistas se empenha nos mais variados trabalhos, desde ilustrações até belíssimas pinturas artísticas em paredes. Para a expo, cada uma apresentará um projeto. Yara prepara peixes em cerâmica, Maíra fará uma cristaleira e pintará pratos em porcelana enquanto Stephanie criará uma série de telas com o título Meus Corações.

Alguns dos trabalhos mais relevante e exposição que já participaram:
Projeto Patterns. JP: um livro de padronagens inspiradas no universo japonês e brasileiro.
Cutting Edge – Patterns and Textures (2008): livro publicado pela editora Mao Mao Publications.
Exposição Urban Arts (na livraria POP, 2009).
Exposição Shopping Villa Lobos /VISA (2009. Exposição Um Metro (2009).

maíra fukimotoMAÍRA FUKIMOTO

Seu tema recorrente e/ou inspiração: Traço orgânico, leve e cheio de linhas.

Músicas/bandas que te acompanharão nesses dias que antecedem a exposição:
Miles Davis, Radiohead, Smashing Pumpkins, Trilha Forrest Gump, Elliott Smith e MGMT.

maíra fukimotomaíra fukimotomaíra fukimotomaíra fukimoto

stephanie marihanSTEPHANIE MARIHAN

Seu tema recorrente e/ou inspiração:
O corpo feminino, sentimentalismo, traço contínuo.

Músicas/bandas que te acompanharão nesses dias que antecedem a exposição:
Madeleine Peyroux, Pixies, Kings of Convenience, trilha de Juno, First aid Kit, The Last Shadow Puppet, Los Hermanos e Cat Power.

stephanie marihanstephanie marihanstephanie marihan

yara fukimotoYARA FUKIMOTO

Foi em Buenos Aires que Yara encontrou a idéia principal do projeto que vai expor no Work in Progress. “Visitei um jardim japonês em Palermo onde havia um lago com carpas”, diz. “Todas estavam com a cabeça para fora da água, com a boca totalmente aberta.” A impressão de que os peixes estavam sufocados e pediam socorro logo a fez lembrar-se de sua própria condição em São Paulo. “Quis tocar no assunto da poluição que é algo que me irrita.”

Seu tema recorrente e/ou inspiração:
Coisas intensas da vida. Tom poético e sensível.

Músicas/bandas que te acompanharão nesses dias que antecedem a exposição:
Múm, Morrissey, Little Joy, Dick Farney, Ella Fitzgerald, Chico Buarque.

yara fukimotoyara fukimotoyara fukimoto